O início de um sonho

A Ecos do Vitória - Educação e Gestão Ambiental é uma organização não governamental que trabalha em diversas comunidades e que partiu de uma iniciativa modelo aplicada em um bairro no distrito do Tucuruvi, Subprefeitura Santana / Tucuruvi na Zona Norte da cidade de São Paulo.  O Projeto Vitória! Educação Ambiental e Coleta Seletiva nasceu da união de um grupo de moradores do bairro Parque Vitória e de outras localidades, que preocupados com o problemas sociais e ambientais, passaram a buscar soluções para resolver o encaminhamento incorreto dos resíduos das residências daquele local de tal forma que fosse referência para o problema que esta prática gera em toda a cidade e, mais, gerasse trabalho e renda.

 

Unidos em um pensamento comum, desenvolveu-se um trabalho de educação porta-a-porta, sensibilizando os moradores para os benefícios de repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar (5 Rs), acreditando ser este o primeiro passo de uma iniciativa  no caminho para equilíbrio socioambiental e econômico de toda a população.

A caminhada

Clique aqui para edita

Logo após seu nascimento, a Ecos do Vitória seguiu promovendo atividades voltadas aos princípios de responsabilidade compartilhada para a sustentabilidade planetária, fomentando Biopontos (núcleos de educação ambiental, coleta seletiva e gerenciamento de recursos) de modo a fornecer subsídios para facilitar a compreensão da relação entre cidadania e meio ambiente.

 

A Ecos desenvolve esta metodologia de trabalho buscando nutrir uma carência evidente de ações concretas, que unam conhecimentos teóricos e práticos dos indivíduos e tragam resultados positivos, como geração de trabalho e renda, o resgate da autoestima coletiva e valorização pessoal, além da conservação ambiental, num modelo de gerenciamento baseado na relação biológica entre o corpo da cidade e suas células/bairro organizados a partir de seu núcleo de gestão socioambiental, o Bioponto.

 

Partindo do princípio de que a cidade funciona como um organismo vivo e que os bairros são células que devem trabalhar para o equilíbrio desse organismo. Toda célula tem seu núcleo, assim, todo bairro pode (e deve) ter seu Biopontos, investindo na sustentabilidade e na educação continuada.

 

Dentro deste contexto a Ecos do Vitória desenvolve uma série de ações e projetos, sempre pensando à frente e tendo a oportunidade de caminhar junto a líderes comunitários, abrangendo, também, outros municípios.

 

O que falta no mundo não são recursos, falta vontade, falta amor ao próximo para resolver os problemas”.

ACESSE TAMBÉM

CENPEC

 IDS

 ISA

Indígenas